Imagens inquietas pairantes como pensamentos que insistem em voltar, sons que se interligam com a vida e a memória, as opiniões dos outros que nos desassossegam, a facilidade com que mecanicamente tudo reduzimos a 4 ou 5 expressões… as notificações que nos perseguem.

Baseado na personalidade de Fernando Pessoa e em fragmentos do Livro do Desassossego, esta instalação reage ao posicionamento e movimentos do interactor, ao seu “desassossego”, fazendo girar as múltiplas imagens de uma vida que podia ser a nossa – talvez seja a nossa – numa sucessão onírica de associações: imagens, textos, sons, que produzem novos significados. Sempre que o desassossego do interactor atinge determinado patamar, é gerada uma nova citação – um fragmento – do Livro do Desassossego, ligado a outra imagem e a uma teia sonora que despoletam novas reacções.

A instalação foi integralmente codificada em Processing.

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save


pedroveiga

Artist and visionary

Artigos relacionados

Arte gerativa

Desassossegos 2 – instalação generativa, incendiária e crítica

Segundo exercício generativo sobre Desassossegos, tomando como ponto partida uma realidade de um país consumido pelas chamas, simbolizada no crepitar das imagens e na dualidade do som da marcha / som das chamas. Não é Ler mais…

Arte gerativa

No time, no space, only flow – instalação generativa de fusão visio-espaço-temporal

No time, no space, only flow é uma instalação interactiva programada em Processing e que utiliza imagens captadas por uma webcam, desconstruindo-as e usando pequenas amostras do original, em que se misturam momentos do passado Ler mais…

Arte gerativa

OMMANDALA – instalação interactiva controlada por som

OMMANDALA é uma instalação baseada num gerador interactivo de mandalas surreais, controlado por voz e/ou som. A mandala é um símbolo espiritual e ritual nas religiões Hindus. Representa o universo e é construída de acordo Ler mais…

%d bloggers like this: